Pesquisar
A Seguir

Notícias de Destaque / Notícias de Última Hora

O Mundo Deixou a Ucrânia para Lutar Sozinha

2022-03-04
Detalhes
Download Docx
Leia Mais

Host: Na quarta, 2 de Março, nossa Mais Amada Suprema Mestra Ching Hai ligou para os membros da equipe da Supreme Master Television para perguntar sobre seu bem-estar. Ela também expressou Sua preocupação e tristeza com a crise na Ucrânia e respondeu a perguntas da equipe sobre o assunto.

(Recentemente, o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, assinou oficialmente um pedido de adesão à UE, e em um discurso via link de vídeo para o parlamento da UE ele disse, “Prove que você está conosco. Prove que você não vai nos deixar ir.” Mestra, por que a UE ainda não aceitou imediatamente a Ucrânia na União Européia?)

Você perguntou para pessoa errada. Se fosse eu, diria imediatamente “OK” (Oh. Sim.) porque esta é uma situação urgente. Eles precisam de apoio, mentalmente, pelo menos. (Isso mesmo, Mestra. Certo, Mestra.) Assim como eles terão alguém. (Sim.) É para isso que servem os vizinhos. […]

Eles se preocupam que se forem longe demais ou muito duros, a Rússia não lhes dará petróleo e gás barato. Toda a Europa depende da Rússia para o gás. (Oh, certo.) E a América também. Louco. Imagine isso? Não tenho certeza se alguma outra coisa é mais importante, porque isso está simplesmente queimando em sua própria casa. (Sim.) […]

Não me lembro se os europeus têm ou não, mas a América também pode abastecer a Europa se levar adiante o projeto. (Certo.) Mas Biden excluiu imediatamente esse projeto no primeiro dia em que já estava no cargo. Você sabe disso. (Sim.) Imediatamente, mais de 10.000 pessoas perderam seus empregos apenas com o golpe de sua caneta. Simples assim, sem sequer dizer, “OK, damos-lhe um período de tempo para encontrar outro emprego ou algo assim.” (Certo, Mestra. Sim, Mestra.) Eu não conheço esse cara.

Todo esse ego, […] ego está fazendo uma bagunça no mundo. […] Eles não se importam com quem morre e quem vive na frente deles. Porque eles estão bem, eles são bons demais. (Sim, é verdade.) A vida deles é muito boa, muito confortável. […]

Acho que esse é uma das principais razões. (Sim, Mestra.) As pessoas no mundo físico se preocupam mais com coisas físicas do que com qualquer outra coisa. (Sim, é verdade.) Sua dor de dente é mais importante do que alguém morrendo do lado de fora da sua porta, ou dor na sala de cirurgia. (Sim, Mestra.) As pessoas neste mundo – a maioria são egoístas, muito despreocupadas, indiferentes. O amor é muito, muito fino. A qualidade amorosa é muito fina. (Sim, Mestra.) Eles pensam muito estreitamente. Muito curto prazo. (Sim.) É tão simples tê-lo da Rússia em vez de fazer o seu próprio. (Certo, Mestra.)

Mas a vida nem sempre é uma questão de conveniência. E se você sempre se preocupa com a conveniência, um dia você pode ter um choque, como se sua vida não fosse mais conveniente. (Sim, é verdade.) (Sim, Mestra.) Como comendo carne todo dia, e agora temos uma pandemia. Sempre temos isso e aquilo e pandemia ou todos os tipos de infecções acontecendo. E então a eclosão da guerra também. Não é só isso. (Sim.) Então, é inconveniente mudar a lei ou tornar a carne obsoleta e tornar o vegano uma norma (Sim, Mestra.) para que todos sobrevivam.

Esta é uma questão de sobrevivência. Não se trata apenas de moda. Isso é sério. (Sim.) Não é um jogo, mas eles não conseguiram entender. Eles não podiam mudar por causa do hábito, por causa da conveniência. (Sim, Mestra.) Por que ofender a poderosa indústria da carne, (Sim.) e por que você tem que mudar o sabor em sua boca? A vida é boa para eles. (Sim, Mestra.) Todo mundo é apenas laissez-faire. (Sim.) Eles não querem fazer nada novo, mesmo que seja uma questão de vida ou morte. Assim, o mesmo com os europeus.

Todos se levantaram. Eu vi na TV, eles relataram o discurso apaixonado do Presidente Zelenskyy (Sim.) fez com que eles se sentissem meio impressionados, e todos se levantaram para uma ovação de pé. (Sim, está certo.) E o tradutor ficou engasgado de emoção, (Uau.) porque talvez ele tenha falado tão bem e tão verdadeiro de seu coração. (Isso mesmo, Mestra.) E ele fez uma foto com seu discurso. Assim, as pessoas podem imaginar que tipo de sofrimento seu povo tem que passar. (Sim.)

Até eu quero chorar pensando nisso. Eu não li seu discurso, no entanto. Eu só acho... que você não precisa. Você pode ver isso no noticiário. As pessoas sofrem tanto, tantas crianças, e famílias separadas. Os maridos ficam para trás para proteger o país; enviar esposas e filhos para longe, e eles não queriam ir, mas eles têm que ir. E alguns simplesmente vão e morrem só para se sacrificar por seu povo. (Sim, Mestra.) E não precisava ser assim. (Não, não precisava.) Não precisava ser. (Não.) Já sofremos bastante. (Isso mesmo, Mestra.)

Meu Deus. E causar mais problemas, mais derramamento de sangue, mais tristeza. Por quê? Só para alimentar o ego. E então o fogo do inferno irá alimentá-lo no inferno. Isso eles não sabem. (Sim.) Não é apenas nesta vida que você sofre. Depois que você morrer, você sofrerá mais e mais e mais, e ninguém está lá para ajudá-lo. Essa é a coisa. Neste momento ninguém está lá para você. Seu exército não está lá. Seu conselheiro não está lá, seus bajuladores não estão lá, sua esposa, seu filho. Ninguém. Seu padre, seu pessoal da igreja, ninguém está lá para você. Você sofre infinitamente. Meu Deus. Isso é terrível, terrível. Gostaria que eles soubessem de tudo isso e parassem com toda a loucura. (Sim, Mestra.) Não apenas pelas pessoas deste mundo, mas por elas mesmas, pelo amor de Deus.

Por favor, por favor, Deus, faça-os saberem. Mas o fato é, nosso mundo está muito endividado, dívida de sangue. Então, as coisas estão acontecendo assim, fora do controle de qualquer um. Apenas alguns dos demônios zelosos. Eu não sabia que Putin também é um deles. Eu não percebi, (Oh, uau.) por causa de todas as coisas que ele fez, e ele parecia bom, (Sim, Mestra.) como, ama os animais e tudo isso. (Sim.)

Também tem outra coisa. Eu odeio dizer isso, mas talvez eles sejam um pouco fracos. Faz tanto tempo que eles não estiveram na guerra. (Certo.) E agora eles estão “retrocedidos e relaxados” e não querem ir para o campo de batalha ou se envolver nisso. (Sim, Mestra.) Como enviar pessoas para morrer e tudo mais. Eles não querem que os cidadãos sofram mais. Tantas guerras na Europa. (Sim, Mestra.) E talvez cerca de 20 anos atrás, houve uma guerra também na Europa que quase estourou em um cenário maior. (Sim, Mestra.) Lembra-se da Iugoslávia? Milošević. (Acho que ele era o líder sérvio.) E depois a Sérvia e a Bósnia, quase tiveram uma guerra mundial. […]

Isso só é uma desculpa esfarrapada. Eles dizem que, “Oh, este é o processo.” Como se você se juntasse à UE, há um longo, longo processo e às vezes leva anos. Oh Deus. (Sim.) Isso é normal, sim, quando você tem tempo. (Isso mesmo.) O protocolo. Neste momento, as pessoas já estão mortas na frente da sua porta. (Sim, Mestra.) (Sim. A situação é diferente. É urgente.) E se eles não estiverem se unindo ou ajudando uns aos outros como um vizinho deveria, então talvez a guerra entrará em sua casa. (Certo.)

A Ucrânia fica ao lado da Europa. (Isso é verdade. Sim, é. Tão perto.) É por isso que Putin tomou a Crimeia, para que ele já tenha alguma conexão com a Europa. E agora ele está por toda parte na Ucrânia. Se ele assumir a Ucrânia todos os vizinhos serão devorados um por um. (Oh, Deus.) E eu não tenho certeza se naquele momento os europeus ou a OTAN poderiam ser fortes o suficiente para virar a mesa ou não (Sim, Mestra.) sem muito derramamento de sangue ou dano ou destruição, novamente, como a guerra mundial. (Oh, meu Deus.)

E haverá muitos, muitos imigrantes e tudo mais. E durante isso, a pandemia ainda não vai te deixar em paz. E aí se a imigração for assim, como eles vão cuidar? (Certo, Mestra.) Como eles vão cuidar, com uma grande reunião em todos os lugares assim? (Certo. Isso é verdade.) E a doença se espalhará por toda parte, incontrolável. (Certo. Oh, Deus.) Você imagina isso, como eles terão máscaras suficientes para cobrir todos eles, ou remédios, ou distância. (Não é possível.) Não! (Isso é verdade, Mestra.) Qualquer reunião é um risco, um grande risco. (Sim, está certo.) E então, não importa se eles saírem de casa, eles morreriam com o Ômicron ou qualquer outra coisa, (Sim.) por falta de remédios e instalações e hospitais. (Sim, Mestra.) E médicos e infraestrutura para lidar imediatamente com um fluxo tão grande de pessoas. (Sim, Mestra.) Principalmente crianças e idosos, e mulheres, que são mais vulneráveis ​​a esse tipo de situação. E ainda é inverno na Europa. Está frio. (Sim, Mestra.) Como eles podem suportar tudo isso? Como eles podem cuidar com rapidez suficiente? (Sim, Mestra.) (Está certo, Mestra.) […]

Eles estavam conversando na Bielorrússia, mas acho que a Rússia só quer distrair os ucranianos e o mundo só para falar, falar, falar. Mas suas exigências e todas as suas condições são impossíveis de serem aceitas pelas pessoas. (Sim, Mestra.)

E assim, a União Européia, eles estão muito confortáveis, eu acho, mesmo em uma pandemia e tudo isso, mas eles não querem ofender a Rússia, mesmo que já haja uma grande melhora. Eu tenho que apreciar isso. Tipo até a Suécia, normalmente eles são neutros. Eles não querem se envolver em nenhuma briga. (Sim, Mestra.) E até a Alemanha disse que nunca enviaria nenhuma arma para qualquer zona de guerra. (Sim, Mestra.) Essa é a política deles, e eles quebraram isso para enviar algo para a Ucrânia. (Sim, Mestra.) E até a Suíça fez algo para ajudar. (Oh, uau.) E a América também deve enviar alguma coisa, mas não sei como eles vão chegar lá, como eles vão levar, por terra. Porque o espaço aéreo já está fechado, (Oh, sim. Sim, Mestra.) […] então eles não podem usar o espaço aéreo para levar nada para a Ucrânia (Sim, Mestra.) E nas estradas há russos em todos os lugares. […]

Se Putin disse que os ucranianos estão assediando seu povo ou limpeza étnica, então por que essas duas regiões, regiões separadas, ainda estão lá para ele entrar para proteger – (Sim. Isso mesmo.) para seu exército entrar para proteger. (Sim, Mestra.) Porque se o governo quisesse se livrar deles, eles teriam feito isso de forma mais limpa. Quero dizer, o governo da Ucrânia. Eu acho que o governo não queria realmente matar seu próprio povo, (Certo.) mesmo que eles sejam de origem russa. (Sim.) Mas eles já estavam no país. Eles são cidadãos da Ucrânia. (Sim, Mestra.)

Presidente Zelenskyy, antes de ser eleito, prometeu trazer a paz, dentro do país, ou seja, com os rebeldes, com os separatistas. Mas isso ainda não aconteceu. Isso significa que eles só estavam tomando tempo. (Sim, Mestra.) Eles queriam negociar. Eles realmente não queriam oprimir essas duas regiões. (Certo, Mestra. Isso é verdade.) Caso contrário, não teria sido tão difícil, apenas duas pequenas regiões. Sim? (Sim. Certo.) Não teria sido difícil para o governo suprimi-los, ou se livrar deles de alguma forma. (Sim, Mestra.) Porque se eles pudessem lutar contra a poderosa Rússia agora, então eles poderiam ter feito com essas duas pequenas regiões, (Certo. Isso é verdade.) separadas dentro de seu país. (Correto.) Isso é lógico para você? (Sim, muito lógico, Mestra.)

As pessoas não são estúpidas. Eles sabem. Eles podem ver. Não havia desculpa para entrar para piorar as coisas entre seus próprios irmãos e irmãs. Se ele realmente quer proteger essas pessoas, ele deveria ter aberto um diálogo, e chamado os dois para conversar ou algo assim. Oferecer alguns conselhos, oferecer alguma assistência para que ambos possam ficar à vontade, ou em paz um com o outro. Não! Só querem entrar e matar crianças; mulheres; eles não se importam. Putin não se importava com ninguém, porque ele é um dos demônios zelosos. Você pode dizer. Agora você pode dizer. (Sim, agora podemos ver. Sim, Mestra.) Antes eu também não podia. Eu não saio por aí checando todo mundo. […]

E agora, por causa da pandemia, é como o Armageddon agora. Então, os demônios zelosos, eles também estão por trás de quem quer que seja seu povo, sua equipe. (Sim, Mestra.) Eles correm para cima e para baixo, dentro e fora, oeste, leste, norte, sul, para apoiar diferentes grandes figuras, como P Francisco, como Biden, (Sim, Mestra.) Pelosi ou como Putin. Oh Deus. Nem todo o governo ou o povo russo são demônios zelosos, nem todas as pessoas que trabalham com Putin ou estão apoiando Putin são demônios zelosos. Eles estão há muito tempo sendo bem treinados para obedecê-lo. (Certo, Mestra.) Porque se não for, então já vai para a cadeia, ou envenenado, ou (Sim.) assassinado. […]

Mas ainda assim, mais cedo ou mais tarde cada grupo de aliança tem que cuidar de si mesmo, porque o mundo é imprevisível. (Ah, certo. Isso mesmo, Mestra.) As pessoas são imprevisíveis. Às vezes, algumas pessoas morrem, e se o corpo ainda estiver lá e saudável, alguns dos demônios se encarregarão desse corpo, para que o corpo acorde novamente como uma pessoa viva (Oh, uau!) e então continua trabalhando. (Oh, Deus. Oh, Deus.) E isso é pior ainda porque eles têm o corpo, como Putin, por exemplo. (Uau.) Ou Biden. Eles têm corpos humanos. Eles podem trabalhar de forma mais eficaz. Como P Francisco também. Eles estão numa posição poderosa. Eles podem fazer qualquer coisa. (Oh, certo. Sim.) Ninguém pode detê-los. […]

Alguma outra pergunta? (Sim, Mestra. O ministro das finanças francês, Bruno Le Maire, disse que o Ocidente vai travar uma “guerra econômica e financeira contra a Rússia” e que vamos “causar o colapso da economia russa.” E em resposta, Dmitry Medvedev, ex-presidente e primeiro-ministro da Rússia, que agora é vice-presidente de seu Conselho de Segurança, ele ameaça a França com uma guerra real. Isso realmente vai acontecer, Mestra?)

Possivelmente. (Uau!) Putin e sua gangue fariam qualquer coisa, mesmo que perdessem, eles tentariam. (Oh, Deus.) Eles não temem nada. (Sim.) Agora que eles já começaram, eles podem continuar movendo. Eles queriam.

Na verdade, houve um vazamento acidental secreto na Internet. Seu apoiador, Presidente Lukashenko, (Sim, Mestra.) ele estava apontando para o mapa da Ucrânia, como uma invasão, mas também havia uma seta vermelha ou algo apontando para a Moldávia. (Sim, Mestra.) (Oh.) E ele é como se isso fosse o próximo passo. (Certo.) (Por que Moldávia, Mestra?) Porque fica ao lado da Ucrânia. É menor. Não há muito sistema de defesa lá. E se eles conquistarem a Ucrânia, então o próximo fácil será a Moldávia. (Sim, isso mesmo.)

E depois disso, ele continuará um de cada vez. A ambição é tão grande, tão selvagem, tão perversa e brutal. Eles não se importam com quem morre e quem não morre. Eles só querem fazer um grande nome, mesmo que seja negativo. (Sim, Mestra.) Essas pessoas são tão ávidas por atenção. (Sim, Mestra.) E depois da vacinação e depois do isolamento, ninguém mais o adora. Então, ele teve que buscar atenção de alguma forma, mesmo de forma brutal, porque assim ele não precisava mais sair e conversar com as pessoas e ser infectado pelo público. Ele pode enviar seu povo, sair e fazer isso por ele. (Oh, sim.) Os soldados. (Sim, Mestra.)

Mas fico feliz que há muitos russos que simplesmente se rendem. Eles não queriam lutar. (Sim.) Uma das unidades inteiras se rendeu. (Uau.) (Bom para eles.) Muito bom para eles. Então eu te disse, nem todo mundo que deveria parecer apoiar Putin são demônios. (Sim, Mestra.) Mas ainda assim eles precisam ouvi-lo. Ele é o Comandante em Chefe. (Sim, certo. Certo, Mestra.) Se ele souber de antemão ou durante a batalha, se alguém está lá, eles vão matá-los, os soldados, se eles não lutarem. (Isso mesmo.) Então, alguns dos soldados usam uma desculpa, furam o tanque de gasolina, assim o veículo não pode se mover porque eles não querem lutar. (Certo, Mestra.)

E em algum lugar eu vi uma carta do soldado russo que escreveu para sua mãe antes de morrer. Ele disse, Mamãe, isso é muito triste. Ou seja, ele não gostou de toda essa guerra. Entende? (Sim, Mestra.) Quero dizer, para vencer a guerra, os soldados têm que ter moral elevada, correto? (Sim, Mestra.) E conheçam realmente uma boa causa pela qual lutar. (Sim. Sim, isso mesmo, Mestra.) […]

E agora, 16.000 pessoas de diferentes países estão indo para a Ucrânia voluntariamente – sem pagamento, (Uau.) para lutar. (Certo.)

Porque isso é realmente desprezível. (Sim.) É realmente bullying e é realmente brutal. É realmente demoníaco. Me entende? (Sim, Mestra. É.) Não é como dois países lutando juntos. (Não.) Não! É um país que vem querendo invadir (Sim, um lado.) o país mais fraco. (Sim, Mestra.) E então muitos vizinhos ao redor, em todo o mundo, os grandes governos, figurões, não fizeram nada no começo. Agora eles estão fazendo algo lentamente (Sim, Mestra.) porque eles provavelmente finalmente perceberam, que realmente, este é um caso de possessão demoníaca. Possessão – a guerra demoníaca não é real. (Sim, Mestra.) Não é como uma guerra real. Não é uma luta justa. (Sim.) Isso é realmente brutal. Entra e mata as mulheres, crianças ou qualquer um assim. Claro, se você continuar bombardeando prédios, as pessoas morrerão. (Sim, Mestra.)

Não apenas bombardeando a área militar, mas em qualquer lugar, qualquer área. As casas das pessoas, os prédios das pessoas, (Sim.) dessa forma. E crianças do jardim de infância, e até hospitais. […]

Essa causa realmente vai queimar as pessoas por dentro e levá-las a querer ajudar. (Sim, Mestra.) Até eu me sinto assim. Claro, eu não vou fazer isso. Eu sei disso. Sim. (Sim, Mestra.) Mas ainda assim, isso te leva a se sentir assim, (Sim, Mestra.) que você quer sair e proteger os fracos, os inocentes. Quero dizer, eles são inocentes. Eles não fizeram nada para a Rússia. (Certo, Mestra.) Muitos países rompem com o sistema comunista, mão apenas a Ucrânia. Eles não podem reivindicar a Ucrânia como seu próprio país. Isso é ridículo. (Sim, Mestra.) [...]

Mas como eu lhe disse, qualquer ditador agressivo ou invasor belicista ganancioso – se eles quiserem invadir seu país, eles dirão qualquer coisa. (Certo, Mestra.) [...]

E agora Putin começou a coisa parecida. Quer colonizar os países de outras pessoas. Matar outras pessoas, crianças, inocentes. Todos iguais. (Sim, Mestra.) Porque quando você bombardeia, a bomba não sabe qual é o quê. (Sim, isso é verdade.) Você não pode dizer à bomba, “Ok, não bombardeie as crianças. Não bombardeie as mulheres.” Não? (Sim, Mestra. Não discrimina.) Isso é o que é. Eles sabem de tudo isso. Eles simplesmente não poderiam se importar menos. Não poderiam se importar menos. Porque eles são demônios. (Sim, Mestra.) É só que o povo do país não consegue ver isso. Apenas alguns conseguem ver. Mas, número um – eles não se atreverão a dizer nada. E mesmo que digam, ninguém acreditaria neles. Porque Putin, ele já se estabeleceu tão bem. (Sim, Mestra.) Quase como um herói para o país. […]

Medvedev. Fiquei surpresa com esse rapaz também. Estava pensando que ele é um rapaz bom. (Sim, Mestra.) Melhor que Putin. (Sim, Mestra.) Nem tão ditador, nem tão violento. Mas agora, ele mostrou sua verdadeira face – a mesma coisa. (Certo, Mestra.) Ele continua ameaçando o mundo inteiro também, não apenas a França agora. (Sim. Sim, Mestra.) Ele diz, ou Putin diz, ambos, que se algum país interferir em sua invasão, eles terão consequências que nunca viram antes. (Sim, Mestra.) Significando muito, muito brutal; muito, muito, final, eliminando meio que o estilo de guerra mundial. (Sim, Mestra.) (Eles aumentaram seus níveis de alerta de dissuasão nuclear para isso.)

Sim. Eu vi isso. Eu vi isso. E é por isso que alguns dos países também estão com medo por causa disso. (Sim.) É por isso que eles hesitam em aceitar ou não a Ucrânia. Eu apenas aceitaria, porque se você não o fizer, eles ainda avançarão sobre você de qualquer forma, (Certo, Mestra.) para o seu país em breve. E uma vez que eles tenham a Ucrânia, a Europa é apenas a próxima rua. (Sim, Mestra.) Ao lado. (Isso mesmo. Sim, sim, Mestra.) A Ucrânia é como uma fronteira. (Sim, Mestra.) Então agora eles estão lutando por seu país, mas também pela Europa de certa forma. (Verdade, Mestra. Sim, Mestra.)

E um vizinho verdadeiro ajudará seu próximo quando estiver ferido ou em necessidade, não importa o que aconteça. (Sim.) Nesta hora, você não pode dizer, “Oh, eu tenho um bebê, eu tenho filhos. Você não pode vir à minha casa mesmo se estiver ferido.” (Sim, Mestra.) O bom vizinho abre a porta quando seu vizinho precisa de você. (Isso mesmo. Sim, Mestra.) Um amigo em necessidade é um amigo de verdade. Eles também são amigos, são europeus juntos. (Sim. Sim, Mestra.) Mesmo que ainda não tenham se juntado. Porque para se juntar à União Européia, eles estão fazendo tanto barulho assim, é por isso que talvez a Ucrânia não pudesse. (Sim, Mestra.) Eles têm que relatar muitas coisas, (Sim, Mestra.) e abrir tudo. Eles têm que abrir tudo para se juntar à União Européia. (Sim, Mestra.) Também deve ter dinheiro – (Sim.) muito, muito, muito. (Sim, Mestra.) […]

Mas isso é como uma situação desesperadora. Precisa de medidas desesperadas. (Isso mesmo, Mestra.) Pelo menos, só para mostrar solidariedade. Ele apenas pediu que seu país aderisse à União Européia. Ele não pediu pelo seu dinheiro ou obrigação ou qualquer coisa. (Sim, está certo.) E falando e brigando sobre os britânicos quererem o Brexit. Eles não gostaram disso. Eles estavam sempre atrasando ou querendo que a Grã-Bretanha voltasse à União Européia. E agora alguém se voluntariou para entrar, um país bom e limpo, e eles não o deixam. Por quê? A Ucrânia é talvez mais pobre que a Inglaterra, é por isso? (Talvez, sim.) Não tão poderoso, (Isso mesmo.) como um país tranquilo, pacífico. (Sim, Mestra.)

Isso não é justo, é? Isso não é uma (Não.) união real, é? (Não, Mestra, não é.) Do jeito que eu vejo, não é. (Isso mesmo, Mestra. E a união deve estar lá para ajudar realmente aqueles em necessidade.) (É para isso que uma união deve estar lá.) E mesmo que eles ainda não tenham se juntado à união, mas vocês são vizinhos. (Sim, certo, Mestra.) Além disso, se eles não tiverem a Ucrânia, em breve será a vez deles, (É verdade.) porque Putin e suas gangues estão agora muito, muito interessados ​​nisso. (Sim.) Eles não querem recuar agora. Apenas pela graça da intervenção do Céu, caso contrário a guerra continuará. (Oh.) Eles têm nuclear. (Sim.) O que eles temem? (Sim, Mestra.) Eles temem um ao outro; esse é o problema.

Muitos países têm nuclear, então agora todos temem uns aos outros. Isso também é bom. Mas se um cara não se importa mais, por saber que o oponente tem medo de nuclear, então ele usará isso. (Sim.) Ele sente que a Europa é fraca. Novo. Mas já quebrado, como o Brexit. (Sim. Sim, Mestra.) E então a Ucrânia é apenas um país normal, pequeno e pacífico. E eles já morderam uma parte importante da Ucrânia, engoliram tudo. E depois eles já agitaram mais duas regiões para tornar a Ucrânia mais fraca. Então agora ele sente que pode fazer tudo. Ele pode conquistar a Ucrânia e depois o próximo. Ele já está pensando na Moldávia. (Sim, Mestra. Correto.) […]

E depois da Moldávia, você pode adivinhar. (Sim, Mestra.) Se os europeus são tão fracos, e tão dependentes ou tão assustados com a falta de gás, então há tantos pontos fracos. É tão fácil se você tem buracos na parede, mesmo buracos pequenos, que as formigas entrarão, os outros insetos entrarão, os mosquitos entrarão e eles morderão você. (Sim, Mestra.) Mais cedo ou mais tarde, você morrerá de doença.

A União Européia, eles também querem paz. Eles só querem paz. Eles não querem guerra. (Certo, Mestra.) É também por isso que eles hesitam. Eles não querem se envolver em mais derramamento de sangue (Sim.) e torná-lo maior. Eles pensaram que talvez se não reagissem, seria menor de alguma forma. (Sim, Mestra.) No início, eles não acreditavam que Putin faria isso de qualquer forma. (Certo, Mestra. Sim.) E é por isso também. Todo mundo é lento até que seja tarde demais; meio tarde. Porque se todos eles sentarem lá e assistirem os ucranianos serem intimidados e morrerem sozinhos, isso é realmente vergonhoso. (Sim, Mestra, isso é.) Então eu não acho que Deus ou o Céu irão perdoá-los.

Quero dizer, você está no mundo; você tem que agir de acordo. (Sim, Mestra.) Se o seu vizinho está com problemas e alguns valentões vêm e batem neles, você tem que ir e ajudar de qualquer maneira que puder, (Sim, Mestra.) para pará-lo. (Está certo. Sim.) Você não pode simplesmente dizer, “Oh, eu não gosto de lutar. Eu nunca gosto de brigar,” e deixar o vizinho morrer de angústia assim. (Não.) E você não sabe, talvez aquele valentão virá depois até a sua casa. (Certo, Mestra. Isso é verdade, sim.) Quando ele vencer, ele se sentirá poderoso, e então ele virá até sua casa e baterá em você por qualquer motivo – talvez por dinheiro, por terra, por qualquer coisa; jóia. […]

Então, todos os vizinhos devem se reunir e ajudar aquele vizinho solitário e expulsar esses valentões e ladrões. (Sim, Mestra.) Assassinos e valentões. É assim que as pessoas devem se comportar. (Verdade, Mestra.) O mesmo na Ucrânia. Desta vez é realmente uma boa causa para lutar e ajudar. (Sim, Mestra.)

Não quero dizer que eles tenham que lutar, como matar pessoas e tudo mais, mas eles poderiam usar sua presença, sua força, e suas armas para assustar os russos. (Sim, Mestra.) Com muitos países se unindo, não acho que a Rússia terá coragem suficiente para continuar lutando com o mundo inteiro, se o mundo inteiro entrar. (Sim. Certo, Mestra.) Mesmo agora. (Sim, Mestra.)

Só porque eles deixaram a Ucrânia sozinhos, solitários assim, para morrer, isso é terrível para a consciência deles. (Sim, Mestra.) E eles têm armas, eles têm poder, eles têm exércitos – todos eles têm. Se eles se juntarem, isso seria uma força tremendamente poderosa. (Isso seria, Mestra.) Acho que a Rússia vai embora, mesmo agora. Mesmo agora, embora já tenha começado, eles ainda podem fazer isso. (Sim, Mestra.) Eles estão apenas na porta ao lado. (Certo.) É tão simples ir até lá e ajudar um vizinho em necessidade.

Não deixe que todos os ucranianos morram assim, ou as crianças ou mulheres morram assim. E agora eles têm que imigrar para outros países no inverno com apenas um par de roupas no corpo, e com os filhos; e eles não têm leite, nem comida com eles. E se eles fizerem fila na estrada, há o risco de que a Rússia os bombardeie, bombardeie esses imigrantes. (Sim, Mestra.)

Manutenção da paz, uma ova! Mesmo crianças de dois anos não vão comprar isso. (Sim, Mestra.) Manutenção da paz! Eles estão perturbando a paz das pessoas. Virando a vida das pessoas de cabeça para baixo e matando-as sem piedade. (Sim, Mestra.) Manutenção da paz. Huh! Só os demônios podem falar assim, porque mesmo os humanos, eles teriam alguma vergonha. Mesmo humanos humildes, ou humanos menos inteligentes ou mesmo humanos não muito amigáveis, sentiriam vergonha. Eles não contariam mentiras assim. (Sim, Mestra.) O oposto do que é a ação deles. (Sim.)

Eu não percebi que Medvedev também era um demônio. (Uau.) Eu não percebi isso. Só hoje, quando li a notícia. […] Então eu o verifiquei. Verifiquei e os dois são iguais. (Oh, meu Deus.) Não é à toa que eles se dão tão bem.

Poderia acontecer. (Sim, Mestra.) Porque esses demônios, eles não têm medo de nada. Mas somente se o mundo inteiro se unir e mostrar unidade, (Sim, Mestra.) união mundial, então a Rússia irá recuar, afastar. (Sim, Mestra.)

(Nessa nota, Mestra, eu acho que se o mundo inteiro se reunisse e mostrasse força, mas porque esses dois caras, Putin é um demônio zeloso, ele não iria querer possivelmente mais mortes? E então, nesse caso, há mais violência agora?)

Não, porque seu povo também não vai querer lutar. (Sim.) Putin não pode lutar sem seus soldados. (Certo.) Seus soldados – muitos já não têm vontade de lutar, porque sabem que esta não é uma boa causa. (Não.) Soldados, eles são normais. Eles têm os ideais. Eles têm alguma nobreza neles. É só que eles têm que obedecer até agora. Mas lutar, matar pessoas por nada assim por nenhuma razão como essa, eles não querem. E também, eu li que o exército – a maioria é muito jovem e destreinada e inexperiente e tudo mais. Então, eles morrem muito! 6.000 já atualizados, (Oh, meu Deus.) soldados morreram.

E muitos se renderam, só porque não queriam lutar. Para que você vai para o país de um vizinho, e eles não fizeram nada de errado com você e você simplesmente atira neles? (Isso mesmo.) Quero dizer, qualquer homem decente não faria isso. (Sim, Mestra.) Especialmente os jovens. Eles têm seus ideais. (Sim, eles têm uma consciência.) Eles não estão acostumados a esse tipo de mentalidade brutal. (Sim, Mestra.) [...] Primeiro, eles congelam em um acampamento tão improvisado, e agora eles têm que ir para a batalha e morrer assim.

É por isso que os soldados da Ucrânia, eles estão ganhando. Porque eles têm ideais. (Sim, Mestra.) Eles têm seus objetivos. Eles têm sua verdadeira paixão por isso. Porque eles realmente querem proteger seu país, seu povo. Porque eles sabem que esta não é a causa justa para a guerra. (Isso mesmo, Mestra.)

Putin não tem motivos para a guerra. É por isso que seu exército está com moral baixo. E os ucranianos, eles não temem nada. (Sim.) Eles pensam em formas de dissuadir a Rússia. E eles conseguiram de muitas maneiras. Então, para 6.000 mais ou menos, talvez mais agora, russos morreram, e apenas 137 ucranianos, vítimas. (Uau.) Eles têm força de coragem e sua nobreza, seus instintos protetores com eles. (Sim, Mestra.) E eles são bons e justos e estão orando todos os dias. Então, eles estão ganhando. […]

Se você tem um objetivo, você tem um ideal nobre, então você vai lutar com todo o seu coração. (Sim, Mestra. Isso mesmo.) E esta é uma energia que até o inimigo sentirá. (Sim, Mestra. Sim, é verdade.) É por isso que os russos, finalmente perceberam o que Putin quer, o que é louco e brutal e perverso, cruel, violento. Então, eles não sentiram que deveriam lutar contra a Ucrânia, que não fez nada de errado com eles. […]

A questão é, se todo o mundo se reunir, Putin não poderá matar todos eles ao mesmo tempo. (Sim.) E eles também podem matar o povo de Putin. (Sim, Mestra. Isso mesmo.) Então, Putin deveria ter medo do mundo, não o contrário. (Está exatamente certo.) Eles deveriam pensar dessa maneira, não da maneira de Putin. (Sim. Mestra.) Mesmo que eles morram, ambos os lados morrerão. (Sim.) Não é apenas a Ucrânia ou as pessoas do mundo. E eles têm muitas pessoas se reunindo. (Sim, Mestra.) Maior que o exército russo. O exército russo são 150.000 e alguma coisa. (Sim.) Mas quando o mundo inteiro se junta, imagina isso? Mesmo apenas os países europeus e toda a OTAN que cerca a Ucrânia, já é uma grande força.

Se eles realmente querem lutar, se eles realmente sentem o calor de que a Ucrânia está sozinha lutando contra o grande lobo. E eles lutam com todas as suas forças assim. Eles deveriam se sentir envergonhados por não ajudar um país tão corajoso e justo, e pessoas boas como os ucranianos. (Sim, Mestra. Exatamente, Mestra.) Até eu sinto uma injustiça tão grande que, se eu não sei melhor, eu também gostaria de ir lá e ajudá-los de qualquer forma que eu pudesse. (Sim, Mestra.) Eu não gosto de valentões. (Sim.) Eu não gosto de injustiça. Não gosto de demônios tão feios e sanguinários. (Sim, Mestra.) Tudo bem.

(Mestra, o presidente da Ucrânia prevê que a Rússia ameaçará os membros da OTAN se eventualmente ganhar o controle da Ucrânia. Mestra tem algum comentário sobre a previsão do Presidente Zelenskyy?)

Claro. Claro. É lógico. (Sim, é, Mestra.) Ele já aponta para a Moldávia depois, porque é a mais conveniente depois da Ucrânia; fraca. (Sim, Mestra.) Se o mundo não fizer nada ele continuará, (Certo, Mestra.) porque outros países da OTAN estão ao lado da Ucrânia. (Sim.) E mesmo que eles possam ameaçar Paris, o que você acha, eles se preocupam com qualquer outro país menor? (Não.)

França! (Sim, Mestra.) (Sim.) (França tem até armas nucleares.) E a França de de Gaulle, não a França de qualquer um. General de Gaulle. (Sim.) Você entende, mesmo que ele já tenha morrido. Mas não é qualquer país. (Sim, Mestra.) França é um dos países que libertou todos os Judeus e todos os prisioneiros da guerra mundial com Hitler. Lembram disso? (Sim, Mestra.) E ele até se atreve a ameaçar a França. Bem, não ele, mas o parceiro de de Gaulle. (Sim, Mestra.) França também está na União Européia. (Sim.) E ele ousa ameaçar a França. Então, eles não têm medo de atacar outros países. (Certo, Mestra.) […]

Em tempos de paz, ninguém pensaria em se juntar a qualquer união. (Sim, Mestra. Certo, Mestra.) E agora é tempo de guerra, e a Ucrânia precisa de ajuda. Mas a OTAN ainda está vagando, e a União Européia está enrolando, assim. (Certo.) A guerra já está na porta deles, (Sim, Mestra.) e eles ainda enrolando, pensando em protocolo (Sim.) ou burocracia. (Sim.) Não sei se eles poderiam até se proteger, se não são tão decisivos e não tão fortes em capacidade mental. (Sim, verdade. Sim, Mestra.)

É a sua atitude que conta também. (Sim, certo.) É por isso que os ucranianos estão ganhando. Mesmo que eles não sejam páreo para a poderosa Rússia. Eles não têm armas de guerra tão sofisticadas como a Rússia. País menor, até. E eles podem vencer por causa de sua atitude, porque estão determinados a lutar contra a injustiça e o bullying. (Sim, Mestra.) Então, se a União Européia não vê isso como algo digno de respeito e assistência, então os países europeus também perderão. (Sim, Mestra.) Ou com medo de Putin, gás e petróleo. Com medo disso, com medo daquilo. Então Putin continuará. (Sim.) Porque quando você tem medo, as pessoas sentem. (Sim, isso mesmo.)

Putin não é como um recém-treinado na guerra. (Está certo.) Ele também é KGB. (Sim, Mestra.) E ele sabe muitas coisas, e ele é comunista. (Sim, Mestra.) Os comunistas não devem acreditar em nada; Deus ou qualquer coisa. […]

Então, como Putin seria criado (Certo, Mestra.) uma pessoa melhor. Mesmo que ele não seja um demônio, como ele seria criado, na sua imaginação? (Certo, Mestra.) É por isso que eles são brutais. (Sim.) Eles não têm fé, para não falar se ele é um demônio ou não. Eles não têm nada a que se apegar, (Isso mesmo.) desse tipo. E agora eles estão vazios de amor, vazios de fé, vazios de qualquer coisa, e sentam-se em cima da Rússia. (Sim.) Então se sente poderoso. E todos ao seu redor o lisonjeia, o escuta, o elogia, ou então prisão ou veneno. (Sim, Mestra.)

De acordo com as notícias, isso todo mundo sabe. (Sim.) Como é que ninguém mais é envenenado dessa maneira ou morto dessa maneira? Só essas pessoas que escaparam dele ou que estão contra ele. (Sim, Mestra.) Não é coincidência, é? (Não, Mestra. Não é.) [...]

(Mais uma pergunta, Mestra. A guerra na Ucrânia poderia ter sido evitada?)

Poderia! Poderia. Apenas faça exatamente como Putin fez. Coloque uma série de exércitos na fronteira da Ucrânia, (Oh, certo.) enfrentando Putin. Não para lutar nem nada, mas para que Putin saiba que estamos prontos. (Certo. Certo.) Se você quer nos matar, nós também o mataremos. Não tem que lutar – prevenir. (Sim, Mestra.) Prevenir é sempre melhor do que remediar, é o que dizemos. (Sim.)

Putin já deu ao mundo inteiro meses de preparação. Todo mundo sabe disso. Toda a inteligência contada a Biden, contada aos europeus, contada a todos. Mesmo no último minuto, Biden também anunciou que a Rússia atacará a Ucrânia em 48 horas, até isso. Ainda assim, eles não o fizeram. Naquela hora, eles ainda tinham tempo para voar. (Certo, Mestra.) Naquela hora a Ucrânia ainda tinha aeroportos. (Sim.) (Sim, Mestra.) Pelo menos alguma coisa. E então a Europa, todos os exércitos podem se reunir, os vizinhos. (Sim. Sim, eles estão bem ali.) A OTAN e tudo mais. Mas eles deixam a Ucrânia morrer sozinha, lutar sozinha ou morrer sozinha.

Especialmente Biden, ele deve parecer que está contra Putin, mas não está, porque eles estão juntos. (Oh.) Você pode ver suas ações. Ele diz sancione isso, sancione aquilo, mas ele nem sequer sancionou ainda Putin pessoalmente. Número um. Número dois, ele prefere comprar gás russo e tudo isso, e deixar seu povo passar fome e ficar desempregado e dependente. […] E também, ele diz, “Oh, todas as sanções são lentas, lentas. (Sim.) Um pouco de cada vez. E ainda assim não funcionará imediatamente, levaria muito, muito tempo.” Isso foi o que ele disse. […]

Ele não vai mandar um exército. Ele enviou alguns. Putin já estava construindo seu acampamento militar há muitos meses. (Sim. Mestra.) Pelo menos dois meses, o mundo inteiro sabe. Biden sabe. Ele diz que não enviará soldados para lutar na Ucrânia. Número um. Número dois, ele manda um pouquinho, alguma coisa antes. Putin tem 150.000 homens fortes, e ele enviou talvez 800 ou algo assim para algum lugar. Aguardando caso. Ir lá e fazer o quê, tomar café? Oitocentas pessoas sentam-se juntas, bebem café, aquecem-se? Contra 150.000. (Sim, Mestra.)

Isso poderia ter sido evitado. Se eles já sabiam eles deveriam ter sancionado antes. Não agora, quando ele já está matando pessoas na Ucrânia; (Certo, Mestra.) quando seus tanques já estão rodando dentro do país da Ucrânia; (Sim, isso mesmo.) quando seu exército, sua equipe, já assumiu Chernobyl, e bombardeou aeroportos e tudo isso. (Sim, Mestra.) E bombardeia crianças, jardins de infância e hospitais e tudo isso. (Sim, Mestra.) E agora é mais difícil trazer armas porque os russos estão na estrada, (Sim, isso mesmo.) já controlando alguns pontos. (Sim.)

Há um artigo na Internet falando sobre Nostradamus prevendo um cerco em Paris. Paris será sitiada. (Sim, Mestra.) Será controlada, será tomada. (Sim.) Nostradamus deveria prever isso, para este ano. (Uau.) Ele já previu guerra e todos os tipos de desastres. Há outro chamado Baba Vanga ou algo assim. E ela também previu o mesmo. Ela previu várias coisas que se tornaram realidade. […]

É apenas uma coincidência. (Sim.) Coincidência. Porque muitos países também sancionaram a Rússia. América também. Por que ele só apontou a França para ameaçar? (Sim, Mestra.) Antes ele ameaçou apenas em geral, mas neste texto, ele ameaçou somente a França. […]

(Mestra, como sabemos agora pelo que Você descobriu sobre Putin, que ele é um demônio zeloso e está falando em colocar suas forças nucleares em alerta máximo, que significa que ele pode implantar mísseis nucleares a qualquer hora.)

Temos que orar pela intervenção do Céu. (Sim, Mestra, porque é muito preocupante agora.) Se ele se preocupa com seu povo e seu país, então ele não o fará. Mas se ele não se importa, então ele é perigoso. (Sim, Mestra.) Ele podia fazer qualquer coisa. (Certo.) Porque se ele se preocupa com seu povo, então ele não ousaria usar nuclear. Porque se ele usar, a América usará. Outros países vão usá-lo. E a Rússia estará condenada. (Sim, Mestra.)

Mas acho que ele deveria considerar não usá-lo, porque isso vai acontecer. (Sim, Mestra.) Se ele pode usar nuclear, outros países também podem. (Sim, isso mesmo.) Outros países distantes também ele não pode controlar. (Sim.) E ele deve considerar não usá-lo, porque talvez ele não considere a vida de seu povo, ou a paz ou a segurança, mas ele deve considerar se o “kaput” de seu país, se todo o seu país for destruído, então ele não tem base. (Isso mesmo, Mestra.) Ele não tem pessoas para governar. (Sim. Certo, Mestra.) (Sim, Mestra.) Ou, ele mesmo também estará morto, (Sim, Mestra.) e irá para o inferno mais cedo. Então, ele deve considerar. (Sim, Mestra.) [...]

Acho que ele não vai fazer isso, porque ele vai morrer também. (Sim, Mestra.) Se ele ficar na Rússia, ele morrerá. Se ele for para outro país e ninguém gostar dele, eles vão matá-lo. (Sim, isso mesmo. É verdade.) Então é melhor ele não usar a última carta. (Sim.) É melhor ele mantê-lo. (Sim, Mestra.) Então, ele ainda pode ter algum poder ameaçador. Mas se ele já usa, então está acabado, ele está acabado, a Rússia está acabada. (Certo, Mestra.) Então é realmente a Guerra Mundial. (Sim.) Até Hitler era tão poderoso e tinha casamatas e se escondia tão bem, ninguém sabia onde ele estava, e secreto e tudo mais. Eles ainda o encontraram. (Sim, Mestra.) Mais cedo ou mais tarde. (Sim.) E hoje em dia, ainda mais cedo porque todos tem alta tecnologia. Eles não precisam ir à sua casa para saber que você está lá. (Sim.) […]

Deveria ter sido evitada. (Sim, Mestra.) Porque eles têm muitos meses, eles sabem disso, eles têm inteligência e tudo mais. […]

Agora, para que eles negociam? Já que a Rússia é forte, a Ucrânia é fraca, quem está negociando o quê? Eles apenas fizeram muitas exigências. […]

Sabendo dessa oposição, o assim-chamado inimigo não vai aceitar, não pode aceitar, e só vai lá, só para estar lá ou para distrair. (Sim, Mestra.) Para que as pessoas não lutem melhor, só estão esperando por isso. Então o Presidente Zelenskyy também disse o mesmo, ele disse que é uma perda de tempo falar com a Rússia quando eles continuam bombardeando nosso país, enquanto ainda mantêm a guerra, ainda bombardeando, ainda matando. Para que falar? (Sim.) (Certo, Mestra.)

Então, todo mundo tem que concordar para que eles deixem a Ucrânia. Mas acho que ninguém concordaria porque eles exigem coisas impossíveis. (Uau.) Então, se todo o nuclear for removido, então só a Rússia terá nuclear. (Sim, Mestra.) Eles também podem dizer, “Ok, venha, ocupe nossos países. (Sim.) Isso é tudo para você, seja bem-vindo com amor. (Sim.) Da UE com amor. (Sim, Mestra.) (Sim.) Ou da OTAN com amor.” Faça um banquete, dê-lhes as boas-vindas. (Sim.) Se eles concordarem com isso, a Europa já se tornará da Rússia, imediatamente. (Sim.) No momento em que eles mandam todo o nuclear para fora, jogam fora em algum lugar, voltam para a América, então a Europa se torna a união Russa novamente. (Sim.) União Comunista. (Sim.) (Sim, Mestra.) Não há mais União Européia. Nostradamus também previu isso. O colapso da União Européia. (Oh.) (Uau.) […]

Mais alguma outra pergunta? (Sim, Mestra. Recentemente, o Presidente Trump teria elogiado Putin pela guerra na Ucrânia como "gênio" e "experiente.” Isso foi o que ele disse. Por que ele diria uma coisa dessas?)

Eu não ouvi isso, então me pergunto se ele realmente disse isso. Mas se ele disse, eu lhes disse, sr. Trump, ele realmente não sabe formular bem (Certo.) ou se expressar bem. (Sim, Mestra.) Ele diz isso como algo sarcástico. (Ah, certo.) (Sim, sim.) Porque ninguém elogiaria um invasor. (Sim, isso é verdade.) (Ok, Mestra.) Então, ninguém pode aceitar uma piada? (Sim. Sim, acho que sim.) É o que penso. (Sim, Mestra.) Ele só quis dizer isso como sarcasmo. (Certo. Ok. Sim.) […]

Mas isso vai lhe custar alguma coisa, tenho certeza. (Certo.) Eles vão usar isso para vendê-lo. (Oh, entendo.) Vendê-lo barato. Ele não tem muitos meios agora para... Ele não sabe como se esclarecer. (Oh.) Porque ele também se sente farto. Qualquer coisa que ele disse... muitas coisas que ele disse foram distorcidas. (Sim. Isso mesmo.) [...]

Mas naquela época, ele (Putin) ainda não invadiu a Ucrânia. Acho que não. Naquela época, a guerra ainda não havia começado. O exército estava como se ainda estivesse por aí, do lado de fora. (Ah, certo. Sim.) Eles chegaram mais tarde. Mas não importa, eu não acho que ele quis dizer isso – apenas como um humor negro (Sim, Mestra.) ou sarcasmo. (Sim, isso mesmo. Sim.) […]

Obrigado por esclarecer isso. Sim. Porque eu estava preocupado.) Algumas pessoas tiram as coisas do contexto. (Sim, isso é verdade.) Também mal compreendido ou não tem senso de humor. (Sim.)

Muito sério. (Sim, exatamente.) Só querem atacar ele e isso já se torna um hábito. (Sim, Mestra.) Então, qualquer coisa que ele diz, mesmo que fosse boa ou ruim, eles explicariam de uma maneira diferente. […]

A questão é que Trump não teve a chance de explicar, (Ah, sim.) […] Acho que ele está cansado de todos esses ataques todos esses anos. (Sim, Mestra. Entendo.) […] Só porque ele também meio que estava em termos amigáveis com a Rússia, então as pessoas também têm imediatamente essa impressão (Sim.) de que ele está elogiando Putin. (Certo, Mestra.) Mas ninguém faria isso. (Sim.) (Sim, Mestra.) Ele não deveria ter brincado daquele jeito. (Sim.) Ou ser sarcástico assim. (Sim, Mestra.) Não importa. (De qualquer forma, obrigado por Sua resposta.) Sem problemas. (Sim, isso está muito mais claro agora.)

Mais alguma coisa que você queira saber? (Sim, Mestra. […] Mestra contou a história ou leu a história no Hadith, que falava dos dois homens lutando, e então aquele que matou o homem iria para o inferno. E o outro também iria para o inferno porque tinha a intenção de matar.) Claro, ele se defende, mas também a intenção de matar. (Sim.) E matar é um grande pecado. (Sim. Assim, na guerra ucraniana e russa, Mestra mencionou que Putin com certeza irá para o inferno e que os soldados que lutam por ele irão para o inferno. Mas e os cidadãos ucranianos que se voluntariam corajosamente para defender seu país e no processo de luta, eles podem matar. Então, eles também iriam para o inferno? […])

Sim, mas menos. (Sim.) Eles seriam punidos normalmente, geralmente e também individualmente. Isso depende também. (Sim.) Como as pessoas que poderiam ter morrido na Ilha das Cobras, eles não queriam matar os russos. Eles sabiam que iriam bombardeá-los, e eles morreriam, ou talvez não morreram. Talvez eles simplesmente tenham entrado e os capturados. Isso ainda não estava muito claro. […] De repente eles ouviram toda essa conversa e os soldados ucranianos lá, na fronteira, disseram aos russos para […] “Vá se F.” (Sim, Mestra.) E depois disso, eles ouviram uma explosão ou algo assim ou nada e então não houve mais contato. Então, presumem que morreram. E o presidente da Ucrânia também confirmou […] que ele lhes dará medalhas depois. (Ah. Ok.) Honra póstuma, póstuma. Neste caso, eles não iriam para o inferno. (Sim Mestra.)

E outro soldado, muito jovem, mas se voluntariou. Ele foi até a ponte para explodir a ponte, para retardar o avanço dos militares russos. Porque a ponte os liga à outra cidade onde eles estavam indo. (Sim, Mestra.) Então, o exército não teve tempo de providenciar para que eles pudessem fazer isso remotamente. E então esse soldado ligou e disse, “Farei isso manualmente,” e depois disso “boom.” Nada mais. Ele se foi. (Certo.) Ele sabia que ia morrer. (Sim.) Todo mundo sabia disso. […]

Então ele se sacrificou apenas. (Sim, Mestra.) E os outros, o Céu será mais brando, é claro. (Sim, Mestra.) Matar pessoas por agressão, por ganância, por más intenções, é claro, você estará no inferno para sempre. (Sim.) Mas matar por causa de defesa, para proteger os outros – este é um caso diferente. Esses soldados, eles matam porque querem proteger seu povo. (Certo.) Isso é pelos outros, não por si mesmo. (Sim.) Talvez também por si mesmo, mas acho que eles não pensam muito sobre isso. […] Então, mesmo que eles vão para o inferno, estarão por pouco tempo. (Certo.)

Mas no Hadith, o Profeta Maomé, Paz Esteja Com Ele, também lhe disse a verdade – que ambos, o agressor queria matar um homem e o outro homem revida. Isso é apenas para se defender, (Sim.) e matar os outros intencionalmente. (Sim.) Mas no caso da Ucrânia, eles protegem seu país porque o inimigo acabou de entrar e quer matar seu povo. (Sim, Mestra.) Então, clemência e compaixão e misericórdia serão o julgamento do Céu. […]

Então, […] essas pessoas, eles sabem que a guerra é ruim, que eles podem morrer a qualquer hora, porque eles pulam no fogo agora. Mas para quê? Não para si mesmos, não para satisfazer seu ego ou qualquer coisa, não que eles não valorizem a vida. Eles só querem se sacrificar porque não podem suportar essa injustiça e força intimidadora do negativo, do inimigo. (Sim, Mestra.) Eu lhe disse que até eu faria isso, se eu fosse eles, (Entendo.) se eu não tivesse sido ensinada de forma diferente. […]

Se você se concentrar em si mesmo, então você está sozinho, estreito, apertado, egoísta e não digno. Mas se você ama algumas outras coisas, até mesmo seu animal de estimação ou seu povo mais do que a si mesmo, que você pode até morrer por eles, então isso é muito nobre. (Sim, Mestra.) Então o Céu lhes dará clemência e não os enviará para o inferno. (Sim, Mestra.) […]

Se fosse eu quem estivesse no comando da OTAN, ou da União Européia, ou América, eu perguntaria a eles imediatamente, no momento em que soubermos que há relatórios de inteligência de que a Rússia está aumentando sua força na fronteira, eu faria o mesmo. (Sim, Mestra.) Para que eles saibam, “Ok, vá em frente. Estamos prontos." (Sim.) E tantas alianças juntas. (Sim, Mestra. Muitos países.) Toda a União Européia. Toda a OTAN, toda a América (Sim.) e aliados. Como podemos deixar Putin fazer o que ele quiser? […]

E deixe a Ucrânia em paz, lutando assim. Sozinho no mundo inteiro. Você me ouve? (Sim, Mestra.) A Ucrânia foi deixada sozinha no mundo inteiro para lutar pelo ideal mundial de proteger a liberdade, proteger a democracia, proteger seu próprio povo. (Sim, Mestra.) Você vê a foto? (Sim, Mestra.) Ucrânia sozinha em todo o mundo, (Uau.) em todo o poderoso mundo. Vão deixá-los morrer, lutando ou não. (Sim, Mestra.) Se a Ucrânia está perdida, não importa se Putin avança para outros países ou não, eles perderam um aliado. (Sim.) Eles perderam um amigo que tinha o mesmo ideal com eles. Você me entende? (Sim, é verdade. Sim, Mestra.) Eles acabaram de abandonar um amigo. Antes de falar de qualquer outra coisa, antes mesmo de saber se a Ucrânia é nobre ou não. (Sim.)

Nobre ou não, eles merecem proteção e ajuda, pelo menos de seus vizinhos. A Bíblia sempre diz, “Ame o seu próximo.” Então, você deixa seu vizinho ser espancado ou esfaqueado até a morte e seu país ou suas propriedades, suas casas queimadas e seus bens saqueados? (Não, Mestra.) E você fica aí parado e cruza as mãos na frente do peito. […]

Se o mundo inteiro ficar parado e cruzar os braços na frente do peito, então eu não tenho respeito por nada. (Sim, Mestra.) Não importa se eles são rei, rainha, presidente, primeiro-ministro, isso é tudo lixo para mim. (Sim, Mestra.) Porque são pessoas mundanas. Eles não são como monges ou monjas ou qualquer coisa. (Sim.) E esta é uma causa justificada para lutar. (Sim, Mestra.) E não como ir interferir com os outros vizinhos ou querer ser um figurão ou algo assim. Esta é realmente uma causa justificada. (Sim, Mestra.) A Ucrânia não fez nada! (Certo. Certo, Mestra.) A Rússia já deu uma mordida na terra deles e já deu mais duas mordidas, e agora quer pegar a coisa toda e engolir. Não como se o mundo não conhecesse essas três regiões. (Certo, Mestra.) Isso foi arrancado de todo o corpo da Ucrânia. […]

Juntar-se à OTAN não significa que eles vão invadir ou roubar qualquer país como Putin faz. (Certo. Isso mesmo, Mestra.) Juntado aos países, eles só prometem como, “Ok. Se eles atacarem você, todos seremos atacados. (Sim. Certo, Mestra.) Então todos estaremos protegendo você. “Atacar um de nós significa atacar todos nós.” (Sim, isso mesmo.) É como proteger um ao outro. (Sim, Mestra.) Sim, isso é tudo. Mas eles não vão ameaçar ninguém, e Putin não tinha nenhuma OTAN nem nada. Entra e rouba as pessoas. completamente (Sim, Mestra.) Então, quem é melhor?

Mas esse cara, ele não sabe nenhuma razão. Ele não conhece nenhuma lógica; ele não conhece nenhum de seus fracassos e táticas malucas. (Sim, Mestra.) Ele simplesmente culpa todos os outros. Agora ele culpa a Ucrânia por ir contra ele. Ele está furioso agora. Isso é o que eles dizem. Porque a Ucrânia vai contra ele, assim faz com que sua invasão demore muito tempo. Ele culpa a Ucrânia agora. “Como eles ousam se defender?” […]

Meu Deus. A vida é tão curta e tão efêmera. Por que esses tipos de atos perversos para ganhar um nome terrível para si mesmo como um demônio, como um monstro, um monstro de guerra? (Sim, Mestra.) […] Para que você quer entrar na história assim. […]

Se ele não é um demônio, não fale sobre isso, então ele é um lunático. (Sim, Mestra. Certo.) Ele é louco. Ele deveria estar no asilo, (Sim, Mestra. Definitivamente.) asilo de loucos, não em Moscou. Não no palácio principal. (Sim.) Não no banco principal. (Sim, Mestra. É verdade.)

E espero que soldados russos, outros conselheiros próximos ou líderes do governo, percebam que ele é louco. Se você ouvi-lo, você irá para o inferno todos juntos. E não estou te ameaçando. Eu sou uma praticante espiritual. Eu tenho cinco preceitos. Só digo a verdade porque sinto pena de você. Ele talvez seja seu líder, mas não está apto. Ele trabalha com satanás para prejudicar seu país, prejudicar outros países, você mesmo pode ver isso, por favor, acorde. Coloque-o no asilo e acabe com a guerra. Ataque a guerra, não ataque pobres pessoas inocentes, crianças em qualquer outro país. Apenas ataque a guerra, não ataque seus vizinhos ou qualquer outro país do mundo.

Por favor, acorde. Por favor, veja o que ele está fazendo, o que ele está dizendo, e saiba que ele não é uma boa pessoa, para não falar sobre demônios ou qualquer coisa ainda. Ele não é bom e ele está levando você para o caminho do mal. Por favor, acorde. Por favor, não dê ouvidos a ele. Por favor, cuide dele. Coloque-o em um asilo. Talvez isso lhe fará um grande favor e o torne uma pessoa normal novamente. Assim, ele pode apreciar a vida, curtir a sua família. Caso contrário, vocês também irão para o inferno com ele ou ficarão viúvos ou mortos por causa da guerra. Porque ele não vai parar. Se ele é louco, ele não vai parar. Ele não tem uma mente equilibrada. […]

Pessoas normais não agem assim. Mesmo o pior ditador, eles não agem assim. Mesmo que você os chame de ditadores, eles não pulam para outro país sem motivo. E devorar suas terras e matar seus filhos e mulheres e idosos, e qualquer um assim. Então você pode ver que ele é louco.

Você não precisa acreditar em mim que ele é um demônio ou monstro. Você tem que ver o que ele faz, o que ele diz. Aí você pode analisar e saber que ele não é normal. Ele não está em sua mente boa. Você tem que ajudá-lo, levá-lo para um hospital ou algo assim. Verifique-o. Não tenha medo. Ele é apenas um homem. Ele é só um homem. E quando ele está errado, você tem que dizer a ele que ele está errado. Se ele não ouvir, talvez ele esteja doente. Leve-o para o asilo ou qualquer outro hospital para verificar seu cérebro. Talvez você possa ajudá-lo e ajudar a Rússia a não sofrer na guerra e ajudar seus jovens a voltarem para casa. Eles são tão jovens, tão bonitos. Tão bons, tão nobres, tão idealistas. Não os deixe morrer na Ucrânia por nada. E trazendo também pessoas na Ucrânia para morrer com eles.

Por favor, acorde. Seja um bom líder. Todos vocês podem ser fortes. Por que ter medo de um homem? Putin é apenas um homem. Sem você, sem os soldados, ele não é nada. Lembre-se disso. Cuide dele. Coloque-o no asilo. Cure-o e faça a paz para a Rússia, para seu país e para a Ucrânia, seu vizinho, seu bom vizinho. Por favor, por favor, por favor. Eu oro a Deus que você possa ouvir, que você possa até mesmo entender, que você possa acordar. Por favor.

Oh, Deus, isso é terrível. Ninguém aguenta isso. Ninguém pode, ninguém pode nem olhar para isso, não suporta isso. Ninguém pode. Por favor, Deus nos ajude. Por favor nos ajude. As crianças estão morrendo. Eles não fizeram nada de errado. Por favor, ajude a Ucrânia, por favor. Porque se Você ajudar a Ucrânia, Você também ajuda a Rússia. E se Você ajuda a Rússia e a Ucrânia, Você ajuda a Europa. Se Você ajuda a Europa, Você ajuda o mundo inteiro também. Muito obrigada, meu Senhor. Eu sei que Seus filhos não estão bem, não são bons, mas por favor, ajude-nos. […]

Host: Nossa amada apreciação pelo profundo cuidado e simpatia da Amada Mestra nesta situação urgente. Oramos pela misericórdia e proteção de Deus para todas as vidas na Terra durante este período turbulento. Desejando que a Preciosa Mestra esteja bem e salvaguardada por todos os Céus.

Para ouvir a Suprema Mestra Ching Hai elaborar mais sobre este momento desafiador atual, por favor, sintonize em Entre Mestra e Discípulos no domingo, 24 de Abril de 2022, para a transmissão completa desta conferência.

Além disso, para sua referência, verifique as Notícias de Última Hora / conferências Entre Mestra e Discípulos anteriores, como:

Notícias de Última Hora:

Os Ingredientes Necessários para Despertar Nosso Poder de Deus Interior

Valorize a Vida dos Outros Fazendo a Paz

Pensamentos da Suprema Mestra Ching Hai sobre a Situação Urgente na Ucrânia

Entre Mestra e Discípulos:

O Trabalho Corajoso da Suprema Mestra Ching Hai para o Mundo

Pessoas Precisam de Líderes Verdadeiros, Fortes e Sábios

As Mulheres Precisam Ser Protegidas e Respeitadas

Um Presidente Deve Proteger a Vida de Seu Povo

Vingança Nunca Traz Paz

O Verdadeiro Jihad

Compaixão Real e Padrões Morais São a Solução Real

Assista Mais
Últimos Vídeos
2022-08-13
207 Visualizações
2022-08-13
511 Visualizações
20:03
2022-08-12
506 Visualizações
2022-08-12
1080 Visualizações
2022-08-11
4333 Visualizações
39:26

Notícias de Destaque

2022-08-11   74 Visualizações
2022-08-11
74 Visualizações
4:30

Atualização de Ajuda na Ucrânia

2022-08-11   605 Visualizações
2022-08-11
605 Visualizações
23:54
2022-08-11
649 Visualizações
15:02

John Hutton e a Arte da Gravura em Vidro

2022-08-11   63 Visualizações
2022-08-11
63 Visualizações
2022-08-11
66 Visualizações
Compartilhar
Compartilhar Para
Embutir
Iniciar em
Download
Celular
Celular
iPhone
Android
Assista no navegador do celular
GO
GO
App
Escanear o QR code, ou escolha o sistema de telefone certo para baixar
iPhone
Android