A Seguir

Entre Mestra e Discípulos

Amor de Tim Qo Tu Vencerá, Parte 5 de 9

2020-07-03
Idioma:English

Episódio

Detalhes
Download Docx
Leia Mais

Recentemente, na Parte 93 das Antigas Previsões, eles mostraram este artigo de jornal sobre a Mestra. E é de 2004 e este estava falando sobre a Mestra: "O Bom Samaritano vai às compras no Canadá."

 

(Mestra, podemos fazer algumas perguntas? ) Sim. Claro, claro. ( Então recentemente, na Parte 93 das Antigas Previsões, eles mostraram este artigo de jornal sobre a Mestra. E é de 2004 e este estava falando sobre a Mestra: "O Bom Samaritano vai às compras no Canadá." Essa é a manchete, e a estória começa dizendo: "Ela conseguiu abraçar centenas de pessoas na cidade na Sexta à noite. E não foi a primeira vez." E foi tão interessante e comovente ler este artigo. Também ouvimos de um dos assistentes da Mestra na época, que não eram apenas os jornais, mas também na televisão, eles estavam transmitindo notícias sobre a Mestra diariamente por um tempo. E eu só queria perguntar se a Mestra poderia nos contar mais sobre esse tempo. ) Foi um momento interessante e conheci pessoas boas. Eu acho que as pessoas boas estão por toda parte. Apenas que elas não aparecem e você não as vê, mas elas estão por toda parte.

 

Como eu conheci um bom motorista de táxi. Ele me ajudou a trazer sacolas de presentes, correndo pela cidade porque ele mora lá. Ele é Muçulmano. (Oh. Uau.) E ele parece como pessoal Árabe, não um Canadense. Eu acho que imigrou. (Sim, Mestra.) E então ele é aquele que sabe. Perguntei ao taxista, porque não conheço nenhum lugar. Então o táxi dirige na frente e nós o seguimos para ir para a área pobre. (Sim, Mestra.) E então ele me ajudou a levar malas após malas para casas diferentes, e eu o ajudei a tocar a campainha e depois corremos. Bom trabalho em equipe, não? Ele é tão bom, tão bom. Ele faz isso com felicidade. (Uau.) E ele me disse que o povo Muçulmano também faz isso no Ramadã. Eu disse, "Sim. Eu sei disso." E ele me perguntou se sou Muçulmana. Eu disse, “Sim. Também sou Muçulmana. Eu sou Muçulmana. Eu sou Católica. Eu sou Budista. Eu sou Hindu. Eu sou Sique. Eu sou Jainista. Eu sou qualquer religião boa. Eu acredito em todos eles.” Ele apenas riu. E depois ele me convidou especialmente, me implorou para ir a sua casa. E então sua esposa fez chá para mim. Lembro que era sálvia. Folhas de sálvia. (Uau.) Eles secam e depois fazem chá disso. Oh, nunca provei um chá tão bom antes, e nunca soube que a sálvia pode fazer chá. (Sim.) Então, quando voltei para a Europa mais tarde, tentei comprar um pouco de sálvia no sachê e depois fazer um chá, mas não tem um gosto tão bom. Talvez eu não soubesse como ou a quantia precisa estar correta. E talvez a senhora Muçulmana, ela preparou com todo o amor. (Sim.) Porque o marido disse a ela o que eu fiz e ela é muito respeitosa comigo. E me convida para alguns biscoitos. E eu certifico pergunto se tem ovo ou não, então eu não comi. Então eles trazem algo sem ovo. Eu esqueci o que era. (Uau.)

 

E mais tarde, por causa de todas essas doações, dei todo o dinheiro que tinha e também pedi emprestado um pouco de seus irmãos e irmãs no Canadá na época. Eu devolvi contudo. Eu acho que são cerca de US$60.000. (Uau.) Eu pedi a um contador para devolvê-lo a eles. Enfim, por isso, quando contratei um jato particular para voltar à Europa, não tinha dinheiro suficiente para pagar. Então eu devia algo, e os pilotos, eles eram tão bons que me deixaram. Eu disse, "Pagarei assim que desembarcar, porque meu pessoal virá me buscar e terei dinheiro para lhes dar um pouco em dinheiro vivo". Então eles confiaram e nos deixou subir. Tive que alugar porque tinha os cães. E tive que correr rápido, porque aconteceu algo que não seria tão favorável para mim. (Oh.) Algumas pessoas usam drogas e outras coisas e procuram por uma situação semelhante. E embora eu não saiba nada sobre isso, eu corro. (Sim, Mestra.) Eu corro. Porque eles me perguntaram, "Você tem algo a ver com isso?" Algumas pessoas que me conheciam. E eu disse, “Não! Claro que não. Eu nem sei sobre isso." E então eu tive que correr antes de ter problemas. (Sim, Mestra.) Perigo se esconde em qualquer lugar para mim, a qualquer hora assim. Nunca se sabe. (Sim, Mestra.) Esse foi o meu advogado que até me perguntou assim. (Uau.) Quero dizer o advogado que eu conhecia. Pensei que talvez eu ficasse no Canadá. Gosto do Canadá. Eu gosto das pessoas, elas são pacíficas. E elas são benevolentes. Elas não são tão bélicas. (Sim, Mestra.) Elas não são agressivas, são tão pacíficas. E o advogado deveria me ajudar, mas depois ele leu algo no jornal. E ele me disse... Como alguns Asiáticos fizeram isso, eles plantaram algo com a folha verde que as pessoas comem ou fumam com ela. (Maconha.) Ah! Não é cocaína, eu lembro. Maconha. (Sim, Mestra.) Eles me disseram que plantavam parte disso nas casas (Oh.) para vender. "Você tem algo a ver com isso?" Eu disse não! Não, claro que não. Sou vegana e não faço essas coisas. Eu não uso drogas, não fumo, não faço nada que é prejudicial para os outros." Mas ainda assim, para me fazer essa pergunta! Eu corro. É por isso que não quero ficar lá e limpar meu nome. Estou com medo de não poder limpar meu nome, mesmo que não faça nada errado. Oh, tão assustador, então eu corro. Contratei o avião mais rápido possível, pequeno, para que eles pulassem de uma ilha para outra. Eles levam 24 horas para chegar à Europa. (Uau.) E meus pobres cães. Etc., etc. Enfim, tudo bem, é bom. Ao menos chegamos em segurança. Tantas coisas que não posso lhes contar mais. (Sim, Mestra.)

 

Então, boas pessoas estão por toda parte. Mas também é perigoso. Mais tarde, percebi que eu era muito descuidada. Eu vou a todos os lugares e faço doações. Não achei que fosse tão grande, mas para outras pessoas, elas acham que é muito grande porque elas não as tinham antes. Como o Exército da Salvação viu que eu lhes dei US$8.000, mas não achei que fosse grande. Mas para eles é grande, além de todas as roupas e coisas, presentes, chocolate e tudo isso. Então isso foi o tipo de conversa da cidade e a polícia até me verificou, se eu tinha ou não bens roubados. (Oh.) Mais tarde eles descobriram que eu comprei isso no mercado. Não é o mercado que é mencionado neste jornal, porque eu acho que mais um ou dois jornais também escreveram sobre isso. Eu não sabia. Somente este jornal, eles me pegaram em flagrante. Vou lhes dizer por que mais tarde. (Ok.) Eu pensei eu lembro que eu já lhes disse mas por que vocês perguntam de novo? Talvez alguns detalhes eu não falei. Então, se eu já falei, finjam que vocês não ouviram e riem então eu me sinto encorajada para lhes dizer mais. ( Queremos saber mais, Mestra! ) Tantas coisas, então eu não sei se eu posso dizer em ordem.

 

A polícia até me checou. E então eles descobriram que o cartão de crédito é verdadeiro e está no meu nome. Caso contrário, ninguém nem sabia meu nome. Mas então eles ficaram quietos porque eles sabiam que eu não quis ser aberta a respeito disso. Porque quando eu fui para o corpo de bombeiros, eles perguntaram meu nome e tudo isso para dizer obrigado. Eu disse, "Não, não, não preciso. Deus dá, eu não dou. (Sim.) Então, por favor, sou apenas um carteiro." Eu disse, “Quando o carteiro já teve o nome dele ou o nome dela impresso junto com o doador? Eu sou apenas um carteiro, carteiro, entrega." Todos eles sorriram e deixaram passar. Mas depois, eles duvidaram, eles foram me verificar. A polícia. Porque de alguma forma, é grande. Então, às vezes eu sou muito cuidadosa assim. Aconteceu outras vezes também, mas eu sempre esqueço. Quando eu vejo algo que eu tenho que fazer, eu esqueço todo o resto. Eu me esqueço e cheguei ao máximo no meu cartão, então eu nem tive o suficiente para pagar pelo avião. E eu peguei emprestado, mas eles também não tinham. Eu tive que correr rápido. Eu não poderia pedir a todos ou os discípulos para me emprestar dinheiro. Eu não tive tempo. (Sim.) Reservei o avião e isso veio quase imediatamente. Eu tive que arrumar minhas coisas, coisas dos meus cachorros. Eu acho que dois ou três irmãos me acompanhou, e o crédito deles era péssimo, 2.000 ou 500. Não importa, pelo menos eles têm nossos nomes e o passaporte, então eles confiaram em mim. Eu disse, "Eu tenho dinheiro, senhor." Talvez eles soubessem que eu sou a senhora que doou. (Sim.) Porque a senhora de aparência Chinesa loira, eles não veem (frequentemente). Cabelo comprido, loiro.

 

Até o jornal me pediu uma foto, Eu disse, “Ok, ok. Então você só tira das costas. Então, isso é um crédito para você, para o seu jornal." Então, eles tiraram minha foto apenas nas costas. Eles realmente respeitaram o meu desejo. Mas mesmo assim, na manhã seguinte fui para outra loja para comprar outras roupas, porque o Exército da Salvação me disse que alguns homens são muito grandes, muito altos, homens sem-teto muito altos. Nada serve para eles. Então eu tive que ir a uma loja especial, ele me disse onde. Eu fui lá, comprei algumas calças compridas especiais, casacos grandes e compridos para eles. E uma ou duas pessoas, eles disseram, "Oh, Você é a senhora que doou no jornal e na TV!" Eu disse, "Como você sabe?" Eles disseram, "Vimos Sua foto." Eu disse, "Foto apenas das costas." "Sim, mas podemos reconhecer." Eu acho que porque eu também comprei as roupas especiais. Sou uma Asiática, por que eu compraria tamanho XXXX extra? Para quem? Somente para Canadenses. Enfim, eles disseram, "Obrigado. Você é muito legal, muito boa.” Eu disse, "Sim. Deus é muito bom para mim. Estou tentando ajudar a Deus para compartilhar o amor Delae na Terra."

 

E então eu corri rápido antes que eles ligassem para os jornais novamente. Por isso fui pega. Essa foi a terceira vez ou a quarta vez. Então eu fui pega. A outra vez, eles não tiveram chance para dizer rápido o suficiente. Eu corri rápido. Naquele dia eu ainda estava comprando coisas, brinquedos e coisas para crianças. Isso estava demorando mais tempo porque eu tive que pedir algo especial para uma criança quem realmente gostava de ter um brinquedo especial. (Oh!) E eles me disseram, então tivemos que pedir aquilo, e isso leva algum tempo. Alguma pessoa especial teve que vir e me pedir para preencher um formulário, então pedi ao irmão para preencher o formulário. Não quero preencher meu formulário. Não quero, então está ok. Mas eu ainda paguei. Naquela hora, eu ainda tinha dinheiro e paguei alguns com cartão de crédito. Meu cartão de crédito, você não pode tirar muito dinheiro em um dia. Então eu tive que pagar com o cartão de crédito eu não queria. (Oh.) Mas meu cartão de crédito não me dá dinheiro suficiente para pagar o que eu queria comprar todo dia. Eu tinha alguns, mas não suficiente.

 

Então, quando eu fui no avião, eu não podia deixar nenhum discípulo no Canadá saber. Eu corria (Sim.) Eu não queria fazer barulho e eu tive que correr o mais rápido possível para o menor avião, e este estava instável, instável, e meu estômago foi para o meu coração (Oh.) e meu cachorro caiu do nível superior para o chão. Felizmente, ela não se machucou. (Oh.) Nós a colocamos na gaiola, mesmo assim, e comigo juntos. Graças a Deus. (Sim.) Porque o avião não tinha espaço atrás, então todos se sentaram juntos comigo, mas na gaiola. Mas não tínhamos espaço suficiente, então nós os empilhamos um em cima do outro. E porque este colidiu tanto, mau tempo, inverno. Quando foi isso então, Abril? (Janeiro foi este artigo.) Oh então, não é de admirar, é claro. (Então, inverno, sim.) Ainda era inverno, e estava muito frio, e então o tempo estava muito instável. Sorte que eles nos levaram. Eu pensei que nunca teríamos um avião neste tipo de clima. Mas talvez eles estivessem desesperados ou algo assim. Eles nos levaram mesmo apesar de creditarmos algum dinheiro que não tínhamos. Sou um corpo ocupado, gastei todo o meu dinheiro, não achava que eu precisaria disso. Gastei até não poder. Passei o máximo do meu cartão e todo o dinheiro se foi.

 

(Mestra, o artigo diz que Você esvaziou prateleiras após prateleiras na loja e encheu caminhões de brinquedos para os bombeiros. ) Sim. Esse foi um dia diferente. Os brinquedos para os bombeiros foi outro dia antes. E naquele dia, o jornal não me pegou. Naquele dia, eu ainda estava comprando e tomando algum tempo na loja por causa do pedido especial. E então um dos homens fora da loja ou dentro da loja me viu. Eu não sei de onde ele veio. Quando a jornalista chegou, eu o vi. Eu não sabia que ela era jornalista. Eu a vi pegando 20 dólares e entregando a ele. E então ela foi até mim imediatamente e me perguntou isso e aquilo, e disse que ela é jornalista para o que e qual jornal e quer me entrevistar. Eu disse, "Não há muito a dizer. Você já sabe o que eu estou fazendo, certo?" Ela disse, “Sim. Você está comprando coisas para as pessoas, certo? " Eu disse, “Sim. Então, não há mais necessidade de entrevistas, certo? Adeus. Tenho trabalho a fazer." Ela disse, “Não, por favor, por favor. Deixe-me segui-La por um tempo” e tudo isso. Eu disse, "Por favor, mas nenhuma fotografia e nenhum nome." E ela continuou implorando até eu lhe dizer um nome. E então ela viu meu telefone e disse, "Você tem muito dinheiro para dar e Você usa um telefone desatualizado. Não é um iPhone. Antes era um telefone muito pequeno, telefone antiquado e com fita adesiva. Então eu disse, "Oh meu cachorro, ele comeu". Eu disse, "Eu tenho sorte de obtê-lo de volta a tempo. Caso contrário, teria desaparecido.” Mas ele ficou babando e depois demorou um pouco para secar a bateria para usá-lo novamente. A bateria ou o SIM, não me lembro. E então eu enfaixei isso. Eu disse, "Ainda está funcionando!" Sem problemas! E ela olhou para mim e balançou a cabeça um pouco. Talvez ela tenha pensado, "Esta senhora, eu não sei de que planeta Ela veio. Ela deve ser cuco.” (Oh, não.) E então, naquele dia, ela me pegou porque alguém denunciou. Porque demorei muito tempo naquela loja. Muitas coisas para comprar. (Sim.) Comprando os brinquedos e depois mais brinquedos, e os brinquedos do caminhão já foram, e depois comprar mais brinquedos e mais roupas. Por isso ela continuou me seguindo. Tivemos alguns carros. (Sim.) Então naquele dia não tínhamos caminhão. Não podíamos alugar caminhões e não pensávamos em comprar muito. Trouxemos um carro SUV e o carregamos na frente e atrás, e então eu me espremi entre os presentes, entre as sacolas também. No banco de trás, apenas apertando com malas também. Como airbags. Sim, isso é seguro. Caso o carro tivesse algum problema, eu nunca teria nenhum problema. Todas as malas estão me cercando.

Assista Mais
Episódio
Lista de Reprodução
Compartilhar
Compartilhar Para
Embutir
Iniciar em
Download
Celular
Celular
iPhone
Android
Assista no navegador do celular
GO
GO
App
Escanear o QR code, ou escolha o sistema de telefone certo para baixar
iPhone
Android